Curiosidades dos banners online

Navegando pela internet você já deve ter encontrando diferentes opções de banners, modelos grandes, pequenos, verticais, horizontais, com fotos, ilustrações, textos e frases aleatórias. Independente do banner e padrão usado, o significado do material é transmitir uma mensagem. Seja mostrar um produto, aumentar as suas vendas, transmitir um conceito entre outras. Mas você conhece os principais tipos de banners e história de cada um? Então confira o nosso post.
O primeiro modelo, chamado de banner estático, é o precursor da publicidade na internet. Suas imagens são fixas, e não exigem conhecimentos muito difíceis para sua produção. Mas, comparados com os modelos mais desenvolvidos de hoje, este modelo não costuma ter grande saída, já que seus números de acesso são bem mais baixos. Os banners animados atraem muito mais olhares e índices de cliques, pois seu impacto visual deve-se às suas diferentes animações. O terceiro tipo, os banners interativos, como seu nome mesmo sugere interação direta do usuário. Ele normalmente precisa responder algum formulário, pergunta ou abrir alguma janela. O último tipo são os anúncios Pop-up, que surgem no meio texto dificultando e até assustando o internauta. O usuário precisa interromper sua leitura, fechar o anúncio e assim continuar a sua navegação. Usar este modelo de publicidade muitas vezes apenas irrita o internauta, e seu uso não proporciona nenhuma certeza de sucesso na sua publicidade.
Já quanto aos tamanhos mais utilizados, tradicionalmente são o Full banner (468 x 60), Full banner (460 x 55), Half banner (234 X 60), Button 1 (120 X 90), Button 2 (120 X 60), Micro bar (88 X 31), Square button (125 X 125) e o Vertical banner (120 X 240).
Ao vender determinados espaços, você ganha dinheiro para futuros investimentos. As possibilidades de comercialização e lucro neste setor dependem de fatores como a forma de venda dos espaços, contrato realizado e as garantias estabelecidas. Existem mais vendedores de publicidade do que compradores, logo, redes e sites procuram filtrar os anúncios, e para isso consideram questões como maior número de acesso, conteúdo, imagens adequadas e público alvo que se relaciona com o site que irá fazer a propaganda.
A publicidade pode gerar dois principais tipos de lucros, por exibição no site ou por cliques. Mas o lucro líquido que você pode ganhar depende muito do acordo e parceria estabelecida, cada empresa ou anunciante pode estabelecer um preço diferente do mercado. Já tentando vender seus espaços ou banners por conta própria, a negociação exige muito mais da capacidade do empreendedor. Normalmente só vende o que tiver público bem estabelecido, e gere interesse. Para vender seu espaço você precisa provar ao publicitário que seu blog ou site fazem relação e atendem ao mesmo público que ele deseja atingir. Você precisa conhecer os seus anunciantes, usar ferramentas que indique qual estão sendo os resultados dos seus investimentos, e se todo seu trabalho gera lucros. Afinal, ninguém deseja o prejuízo. Pense em novas possibilidades, use sua criatividade, faça alguns estudos, investimentos e aumente sua renda.
Renata
Social Media Gráfica Paulista Cartões.

Deixe o seu comentário Todos os campos são obrigatórios