Home office: trabalhar em casa vale a pena?

Cansado de ficar o dia todo dentro do escritório da empresa? Estressado com o tempo gasto com engarrafamentos no trânsito? Precisa de mais tempo para a família, amigos e lazer? Talvez a forma de trabalho em home office seja a alternativa para boa parte dos seus problemas!

O que é home office?

Trabalhar em casa ou em qualquer outro lugar que preferir, como hotéis, aeroportos, parques ou até mesmo na praia (por que não?), é uma prática conhecida como home office. Além de a cada dia aumentar o número de profissionais dos mais diversos setores que decidem trabalhar em home office como autônomos, uma série de grandes empresas têm passado a permitir que funcionários trabalhem parcialmente (ou em alguns casos integralmente) fora da empresa.

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades (Sobratt) feita com 325 empresas de diversos segmentos e portes e de todas as regiões do país constatou um aumento de 47% no número de empresas que autoriza a prática de trabalho fora do escritório.

home-office

 Receita de sucesso para home office

Trabalhar em home office significa poder definir os próprios horários de trabalho, economizar tempo e reduzir o stress em horas e mais horas de deslocamento e engarrafamento no trânsito, ter mais tempo para a família e lazer, além de vários outros positivos. Mas é preciso ter em mente que isso não significa um jeito fácil de ganhar dinheiro com pouco esforço.
Basicamente, para se dar bem trabalhando dessa maneira, é preciso duas coisas: uma excelente administração do tempo e boa produtividade fora do escritório.

Veja abaixo os principais itens que a Gráfica Paulista separou para ajudar você a fazer as contas e descobrir se pena ou não investir em trabalhar com mais liberdade em um home office.

1. Disciplina

A sensação de não ter um chefe ou gestor sempre conferindo como está sua produtividade pode ser libertadora!

Mas, quando você é o principal responsável pelo seu desempenho, há duas opções: render-se ao confortável sofá e ao Netflix ou desenvolver uma dose extra de disciplina para dar conta de todo o trabalho sem um chefe nas suas costas.
Para ajudar a criar um hábito de disciplina e produtividade, coloque em prática o seguinte:

• Apesar de não precisar bater cartão, acorde todos os dias no mesmo horário (de preferência cedo) e tenha um período mínimo para estar à trabalho. Isso ajuda a criar e manter a disciplina e garante que sua produtividade seja alta.

• Ok, você está em casa, e a casa é um lugar propício para ficar à vontade. Mas, quando estiver trabalhando, vista-se para trabalhar. Pijama e pantufa não são bem-vindos. Vestir-se corretamente no seu home office ajuda o cérebro a entender que mesmo em casa você está à trabalho e aumenta os níveis de produtividade.

• Tenha uma agenda organizada (pode ser uma agenda física ou um aplicativo como o Google Agenda) e defina todos os dias pela manhã duas tarefas grandes e com maior grau de urgência que precisam ser cumpridas. Depois de terminar essas tarefas, fique livre para iniciar outras mais simples e menos urgentes.

Leia também no blog da Paulista: Planejamento: como vender mais em 2017

2. Local do seu home office

Caso eleja sua casa como local de trabalho:

• Opte por móveis funcionais ao invés daqueles super ousados e descolados que, apesar de serem bonitos, podem gerar um ambiente cheio de distrações.

• Regra de ouro: priorize a ergonomia! A ergonomia é o estudo da relação do homem com seu ambiente de trabalho e está diretamente ligada ao bem-estar e à produtividade. Clique AQUI para saber mais sobre ergonomia e como posicionar corretamente seu corpo para minimizar problemas de coluna, circulação e outros.

3. Desafios

A vida de quem trabalha fora de um escritório não é um mar de rosas. Vários desafios batem à porta diariamente, e é preciso estar preparado para superá-los. Veja abaixo quais são os principais e como sair vitorioso em cada um deles:

Conciliar trabalho e família: a esposa ou o marido chamando quando você está envolvido em uma tarefa, os filhos querendo brincar ou precisando de ajuda com a lição de casa ou até mesmo o vizinho, que pensa que o fato de você estar em casa significa que está de férias.

É preciso sentar e conversar com os familiares para esclarecer que ali é um ambiente de trabalho. Caso trabalhe em um horário pré-determinado é mais fácil pedir que de tal a tal hora a família evite interromper seu trabalho.

Baixa interação social: ao mesmo tempo que estar sozinho pode ajudar a melhorar a concentração, a ausência de outras pessoas pode incomodar bastante, ao menos nos primeiros meses. Para evitar a sensação de isolamento, faça pequenas pausas para encontrar outras pessoas, busque ao menos uma vez por semana almoçar com algum colega e planeje sua vida social fora do expediente de trabalho.

home-office

Revendedor gráfico em home office

Se você procura uma forma de ganhar dinheiro trabalhando em casa, saiba que atuar com revenda de materiais gráficos é uma opção bastante rentável e oferece a liberdade que você procura!

Nesse modelo de negócio é preciso investir tempo na visita a clientes para fechar vendas, o que minimiza algumas das dificuldades de trabalhar em casa, como a baixa interação social.

Além disso, para iniciar um negócio como revendedor de materiais gráficos em home office, tudo o que você precisa é de um computador com acesso à internet e um cadastro no site da Gráfica Paulista.

Somos uma gráfica online que realiza entregas para todo o território nacional. Basta fazer a compra em nosso site, enviar o arquivo a ser impresso e receber o produto prontinho para entregar ao cliente.

Para descobrir tudo o que você precisa saber para ser um revendedor gráfico de sucesso, clique AQUI!

Deixe o seu comentário Todos os campos são obrigatórios