Pleonasmo. O que é, e como evitar.

Gramática Aplicada - CAPA 02

Pleonasmo, antes de qualquer coisas, é uma figura de linguagem. Significa a redundância dentro de um expressão. Pleonasmo, em um bom português é o velho “subir para cima” e “descer para baixo”.

Mas antes de qualquer coisa, vamos entender que existem dois tipos bem diferentes de pleonasmo. Um é chamado de Pleonasmo Literário, e o outro Pleonasmo Vicioso.

Basicamente, a diferença entre os dois é a intencionalidade ou não de usar a figura de linguagem. O Pleonasmo Literário é o uso consciente, buscando reforço, estilo ou o simples brincar com as palavras.

Já o Pleonasmo Vicioso, algo completamente diferente, é o uso não consciente, quando você é redundante sem perceber. Vamos ver alguns usos dos dois casos, para melhor visualizar a diferença.

Vamos supor que você está fazendo um banner para colocar no seu site. E você precisa reforçar a ideia que o seu produto é mais barato que o da concorrência. Você pode muito bem, utilizar uma redundância consciente como.

Cartão de Visita. A gente vende mais barato.

Folder. A gente vende mais barato

Adesivo. A gente vende mais barato.

Pasta, recibo, ventarola… A gente vende mais barato.

Isso é redundante. Apresenta excessivamente uma informação. Mas funciona como força publicitária.

O pleonasmo se torna vicioso quando você não percebe que está fazendo isso. Vamos supor que você vai escrever um email e coloca o seguinte.

Há muito tempo atrás. quando você precisava de uma gráfica, você não encontrava.

Você é capaz de perceber o pleonasmo dessa frase?

Ele está logo na primeira oração. A expressão “há” já compreende a passagem de tempo, não existe necessidade de usar a palavra “atrás”. Por isso, o certo seria escrever apenas “Há muito tempo” ou então “Muito tempo atrás”.

A dica que dou, para melhorar nesse ponto, vem de uma máxima dita por Carlos Drummond de Andrade: “Escrever é cortar palavras”.

Por isso faça sua redação com todas as informações necessárias ao tema, sai tomar uma água e volta. Olhe para o seu texto, e encare a quantidade de palavras que você pode cortar.

Se você cortar todas as palavras desncessárias, muito mais do que evitar o pleonasmo, você vai trazer um texto muito mais coeso, ritmado e sofisticado. Sem contar que fica mais leve de ler.

Deixe o seu comentário Todos os campos são obrigatórios