Tipografia e Lettering. Diferenças e Semelhanças

Tipografia e Lettering

Hoje o blog da Paulista vai diferenciar para vocês dois conceitos diferentes – que muita gente pensa que é a mesma coisa – lettering e tipografia! Agora você vai saber diferenciar esses dois tipos (completamente diferentes) de fontes.

Algumas pessoas pensam que a tipografia compreende todas as fontes textuais e, por isso, lettering é apenas uma palavra diferente para falar a mesma coisa. Isso não é verdade!

O Lettering é anterior a tipografia. Ela nasceu junto à caligrafia: Significava desenhar as palavras de maneira criativa. Alguns dos grandes monges copistas foram mestres do Lettering.

lettering

Hoje, o conceito é simplesmente esse aqui: a criação de uma fonte absolutamente diferente, para um uso único.

Ou seja, criar uma fonte para um uso específico. Essa fonte só vai existir para aquele fim que foi pensado.

A tipografia, por sua vez, nasceu a partir da prensa industrial. O nome tipografia faz referência aos tipos móveis, que montavam as máquinas clássicas de produção gráfica e, posteriormente, nas máquinas de escrever.

tipos moveis

A tipografia é o estudo em como os formatos dos tipos móveis interagem com a superfície do papel. Uma definição clássica é “o estilo, arranjo e aparência de um set de tipos e seus produtos”.

Só que aqui, a fonte é criada para ser usada de maneira continuada. Os tipográficos vendem (ou distribuem gratuitamente) a fonte para qualquer uso.

Então se você criar um alfabeto inteiro de fontes e distribuir ele para ser utilizado de quaisquer forma, você criou uma tipografia. Se você pensou apenas para um fim, criou um novo lettering.

Deixe o seu comentário Todos os campos são obrigatórios